domingo, 7 de outubro de 2007

Fotografia:: O velho através do novo

Na semana passada, no primeiro sábado à noite com a minha Nikon D40 nova eu resolvi que iria fotografar alguma coisa pra usar o equipamento novo e testar umas idéias de setups.

Acabei montando um mini-estúdio na sala de casa com um fundo infinito branco. O objeto escolhido tem um valor sentimental e simbólico. Essa Minolta SRT101 foi do meu pai, que também adora fotografia. Depois ela ficou guardada num armário velho por muito tempo até que eu a achei e herdei ela. Desmontei, limpei e recuperei a câmera e até fiz algumas fotos com ela. Achei que seria legal fotografar a câmera antiga com a nova. O resultado é uma série de fotos, das quais escolhi essas duas pra postar aqui no blog.

Alerta! Daqui pra frente o post é mais técnico. Se você não saca muito de fotografia pula pro final pra ver a outra foto.

O setup era o seguinte: luzes fluorescentes do teto como preenchimento, uma pequena luminária fluorescente como contra-luz e um flash SB600 rebatido num isopor como luz principal. Tive que filtrar o flash com uma gelatina plus green pra equilibrar a temperatura de cor com as lâmpadas fluorescentes.

O ISO era 200 para ambas as fotos e foram tiradas em modo de prioridade de abertura, o que me permitia trabalhar mais facilmente com a profundidade de campo nas imagens. Às vezes compensava com a velocidade de exposição, sempre baixa. Usei um tripé e o timer de 2s pra evitar fotos tremidas. A foto de cima foi tirada com f:8 e 1/5 de exposição. A de baixo com f:5,6 e 1/10 de velocidade.


Quem quiser conferir mais do meu trabalho como fotógrafo basta clicar aqui e acessar meu porfolio online.

2 comentários:

Mineira disse...

Ta muito lindo seu portfolio!

Aquela foto do asfalto, acho que é uma ponte, ficou muito legal!

Adorei a Fine Art!

Objeto: palmas para a foto da lamparina na árvore e a do boton de smily na água!

Mas nada se iguala às fotos da natureza... belíssimo trabalho!

Parabéns!

Abraço!

...

Bibi disse...

Não consegui ler o resto do post. Depois do Nikon D40 nova, comecei a babar de inveja e só agora me recompus. :)